Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Cabeça no Ar

"Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho..." - Alfred Tennyson.

De Cabeça no Ar

"Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho..." - Alfred Tennyson.

Faz frio

Alguém que me explique como é que as lifestyle bloggers não têm frio no inverno?

Seja o que for que elas tomem, quero o meu a dobrar!

Vejo-me de botas, calças, camisola grossa, casaco quente e cachecol (só não tenho gorro porque não sei onde o meti!) e depois vejo estes blogs de lifestyle com pessoas com muita pele à mostra neste inverno 

 

Qual é o vosso segredo? Digam-me, suplico-vos! 

 

 

Forgot your password?

Ter uma palavra passe decente é quase tão importante como termos um email decente.

Lembro-me, há muitas, muitas luas atrás, que a biblioteca da minha terra tinha um cartão de papel plastificado com o qual podiamos requisitar livros. Depois substituiram os cartões por um registo electrónico qualquer no qual tinhamos que colocar um nome de utilizador e uma password. Ora eu que naquela altura percebia tanto de computadores como hoje percebo de astrofísica, resolvi colocar uma palavra-passe fácil.

Tão fácil que me esqueci de qual era. 

Então lembro-me que ao fim de 50.000 tentativas tive que pedir ajuda ao senhor que estava ao balcão para dar apoio.

Pediu os meus dados e diz-me ele "Ora então, a sua password é 123..."  e de repente senti suores frios porque o meu cérebro lembrou-se 'automagicamente' da palavra-passe e viu a vergonha que ia passar dali a uns milésimos de segundos quando ele diz "...maluka com 'kapa'

 

Desde aí as minhas palavras-passe foram sempre mais dignas... 

 

 

Voltou a chuvinha!

Depois de uns dois dias de sol, voltou a aparecer a nossa desculpa favorita para sairmos de casa sem nos pentearmos!

 

 

Uma feliz sexta-feira e um cabelo impecável onde quer que se consiga esconder 

Ter objectivos

Dizem que uma pessoa sem objectivos é uma pessoa revoltada, sem vontade e sem esperança.

Ora eu que acredito que a esperança é mesmo daquelas coisas que se nega a morrer, gosto de ter objectivos.

Talvez não sejam objectivos muito grandes, talvez não sejam os objectivos ideais, mas são os meus objectivos. E isso é bom.

E gosto de pensar que hoje vai ser um dia bom.

E há dias em que sou feliz assim, sem objectivos muito grandes, sem objectivos ideais, mas objectivos meus.

 

 

Outfit em dias frios

Quando te mudas para um sítio mais frio do que aquele que estavas habituada, não te interessa se o cachecol combina com o outfit (sim, essa palavra chique para definir 'roupa').

 

Interessa-te é que o cachecol seja o suficientemente grande para te cobrir as orelhas, o pescoço, o busto, o peito, os ombros, as costas e o umbigo.

 

Sim, está frio por estes lados 

 

 

Transportes Públicos

Uma coisa aprendi nestes anos todos a andar de transportes públicos.

Não importa quão cheio pareça estar, cabe sempre mais uma pessoa...

 

Cancelar vida adulta

Não estou preparada para ser adulta!

Desisto.

Eu pensava que ser adulta era um prolongamento da adolescência, com um plus que era arranjar um emprego que adoravas e pelo qual eras bem paga para fazer quase nada. Sem contar que ao chegar a casa tinhas a tua mãe a fazer aqueles maravilhosos pratos de comida e não sabias o que era pó porque a casa estava sempre limpa.

Não precisavas de passar 45 minutos no corredor do detergente da roupa para decidir se queres em pó, cápsulas ou líquido. E no fim, a roupa não fica a cheirar bem...

Descobres que nada se faz sozinho: a cama não se faz sozinha, o jantar não se faz sozinho, a roupa não se lava sozinha, o frigorífico não se enche sozinho,... é desilusão atrás de desilusão.

Achas que vais ter tempo de ser uma blogger famosa com tempo para cinema, fazer as unhas, depilação, maquilhagem, workshops, comida saudável, desporto e no meio disto tudo ainda arranjar tempo para viajar e fazer reviews de hotéis 5 estrelas. Mas afinal o teu tempo resume-se a ter pernas de urso o inverno todo e fazer o jantar de pijama enquanto vês o folheto do Lidl para perceber se há boas promoções nessa semana.

 

Portanto, foi bom este test-drive pela vida adulta, mas agora a sério, onde é que eu posso cancelar?

 

Jo, precisamos de um tempo

Adoro livros.

Só não compro mais porque depois não tenho sítio onde guardar mais coisas, então acabo por optar, na grande maioria das vezes, por ebooks.

 

Gosto sobretudo de thrillers porque os romances não me dizem muito. Então posso dizer que, desde o final do verão, devorei livros seguidos do Jo Nesbo, um escritor norueguês de thrillers fantásticos. Devorei-os de tal maneira que o Harry Hole [detective principal da história] passou a ser quase parte da familia, uma vez que já sabia tudo o que estava a acontecer na vida dele ao longo dos livros. Mas - tinha que haver um "mas"- o último livro que li - "O Leopardo" - achei-o muito bom, mas de uma violência um tanto quanto excessiva. De tal maneira que, depois de terminar este, ainda comecei a ler mais um do mesmo escritor, mas já não consegui ir além das 40 páginas. Cheguei mesmo a pensar que tinha que ler um romance para ver se lia coisas mais bonitas 

 

Não resultou. É verdade que coloquei o Jo Nesbo em pausa, mas estou a dar uma oportunidade a outro escritor, também de thrillers, que espero que escreva thrillers mais amorosos  Depois conto como correu esta leitura.

 

E vocês, já sentiram a necessidade de colocar um livro em pausa por algum motivo? 

Chuva, chuva e mais chuva!

Podia ser um post sobre o quanto a chuva é chata e que nunca mais vem o sol e que o que eu quero é praia! Mas desenganem-se, é um post de felicidade 

 

Eu sei que é chato chegar ao trabalho com a roupa molhada, e que deixa de ser seguro correr pelas escadas do metro com medo de escorregar, e que é uma porcaria que o guarda-chuva esteja sempre a virar, mas caramba! Depois de um inverno seco, depois de ver barragens com níveis de água nos mínimos, depois de estar sempre a pedir chuva, digam lá se nao é uma maravilha e um alívio ter esta chuva?