Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Cabeça no Ar

"Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho..." - Alfred Tennyson.

De Cabeça no Ar

"Sou uma parte de tudo aquilo que encontrei no meu caminho..." - Alfred Tennyson.

Eles e Elas

O vocabulário dos Rapazes

Tenho fome. = Tenho fome.

Quero dormir. = Quero dormir.

Estou cansado. = Estou cansado.

Queres ir a um pequeno restaurante? = Quando é que nos beijamos?

Posso-te ligar? = Quando é que nos beijamos?

Danças? = Quando é que nos beijamos?

Bonita roupa. = Bonito decote.

Pareces-me tensa, queres uma massagem? = Quero saltar-te pra cima.

Há alguma coisa mal? = Não é preciso fazer um filme desses!

Há alguma coisa mal? = Que psicodrama inventaste desta vez?

Há alguma coisa mal? = Se bem entendi, hoje não há beijo pra ninguém.

Tou aborrecido. = E se nos beijássemos?

Amo-te. = E se nos bejássemos já a seguir?

Eu também te amo. = Bem, agora que já o disse, e se nos beijássemos?

Sim, gosto deste teu novo corte de cabelo. = Estava melhor antes.

Sim, gosto deste teu novo corte de cabelo. = E pagaste 60€ por isso??

Sim, acho que deviamos discutir esse assunto. = Tou a tentar impressionar-te fazendo-te acreditar que sou intelectual, e se calhar depois desta profunda e interessante discussão a gente se beije, não?

Queres casar-te comigo? = Mas agora se fores pra cama com outro, tás fora de cena.

Eu prefiro esta. = Leva uma peça de roupa qualquer, mas rápido: a ver se vamos depressa pra casa pra nos podermos beijar...

 

 

O vocabulário das Raparigas

Sim. = Não.

Não. = Sim.

Talvez. = Não.

Eu lamento. = Tu vais lamentar isso.

Faz-nos falta. = Eu quero.

É a tua escolha. = A boa escolha devia ser evidente, não?

Faz como quiseres. = Um dia vais pagá-las.

Temos de falar. = Tenho umas quantas queixas a fazer-te.

Mas coragem, fá-lo! = Não te aconselhava a fazer isso.

É-me igual. = Mas é claro que isso me incomoda imbecil!

Esta cozinha não é prática. = Temos que mudá-la.

Eu queria umas cortinas novas. = "e tapetes, e móveis, e papel de parede"

Amas-me? = Estou quase a pedir-te algo caro.

Amas-me verdadeiramente? = Hoje fiz uma coisinha que não te vai agradar muito.

Estou pronta dentro de 1 minuto. = Põe as pantufas, abre uma cerveja e encontra um canal interessante na televisão.

Não tenho um traseiro grande? = Diz-me que sou linda.

Tens que aprender a comunicar. = Contenta-te de estares de acordo comigo.

Não, não estou a discutir! = Mas claro que estou a discutir, e acho que isso merece (Em resposta a: Há alguma coisa mal?)

Sempre a mesma coisa. = Nada.

Nada. = Tudo.

Não é nada, a sério. = Nada, és simplesmente um idiota.

TÁS-ME A OUVIR!? - (Demasiado tarde, ele está inconsciente)

2 comentários

Comentar post